Criado em 2015, o projeto Área 21 é uma iniciativa do Grupo Tellus e conta com o incentivo do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA-SP). Hoje, o projeto opera em duas organizações educacionais, o Instituto Ana Rosa e o Centro Educacional Assistencial Profissionalizante (CEAP).

O Área 21 é um laboratório mão na massa para jovens de 14 a 18 anos que vivem em áreas de situação de vulnerabilidade social, segundo o IPVS (Índice Paulista de Vulnerabilidade Social).

O objetivo do projeto é contribuir para o desenvolvimento desses jovens em competências do século XXI, além de aumentar seu repertório e proporcionar a experimentação de novas tecnologias, como impressão 3D, corte a laser, programação e realidade virtual, em uma jornada de aprendizagem baseada em projetos. “Além das tecnologias do Área 21, eu aprendi a trabalhar em equipe. Aprendi a lidar com opiniões diferentes, para chegar a uma conclusão e colocar em prática o que tínhamos em mente”, afirma Joyce, educanda de 15 anos do Instituto Ana Rosa.

Área 21 lança seu novo site

Com o intuito de expandir a comunicação e inspirar jovens a aprender com a cultura maker, o projeto Área 21 lançou recentemente seu novo site

Os usuários encontrarão conteúdos inspiradores sobre a cultura maker em formato de blog, trazendo aprendizados e reflexões educativas. Além disso, o site apresenta os projetos realizados pelos jovens com diversas abordagens como:

Como podemos informar os cidadãos brasileiros sobre política de forma rápida e simples?

Projeto Três P: Plataforma digital que explica a estrutura política brasileira e o cargo dos políticos de forma clara, dando informações sobre quem é ficha limpa ou ficha suja.

Como podemos melhorar a comunicação entre pais e filhos?

Projeto Spoock Bob: Durante a semana, pais e filhos depositam pensamentos escritos em papel dentro da cabeça do personagem. No final de semana, a família se reúne e conversa sobre os problemas.

Como podemos ajudar pessoas em situação de rua a terem vidas mais dignas?

Projeto Meu Cantinho: Protótipo em escala reduzida de um carrinho-casa onde as pessoas podem trabalhar e morar provisoriamente, possibilitando alternativas de renda e abrigo para pessoas em situação de rua.

Impacto Área 21

Durante seus 3 anos de atuação, o projeto Área 21 realizou seu trabalho em parceria com o Instituto Ana Rosa e o Centro Educacional Assistencial Profissionalizante (CEAP), ambos localizados em São Paulo. Cerca de 1.360 jovens foram alunos do Área 21 nestes dois laboratórios, onde a criatividade e uso de tecnologias os permitiu adquirir competências inovadoras para o mercado de trabalho.

Um importante reconhecimento do projeto Área 21 se deu com a menção honrosa na categoria Educação do World Changing Ideas 2019, prêmio de inovação da Fast Company. Esta premiação foi destaque por conta da atuação do projeto em comunidades que têm em seu núcleo o desejo de mudar o mundo, mas que normalmente não têm as oportunidades e ferramentas para fazê-lo.

“O Área 21 é um ótimo lugar onde o jovem aprende coisas novas para sua vida. Além do conhecimento para atuar no mercado de trabalho, é um aprendizado para a vida! É um projeto inovador!”  Fernando da Silva, 16 anos, educando do CEAP

A equipe do Tellus emergiu no desenho e implementação do espaço maker, que aproxima os jovens das profissões do futuro, incentivando o empreendedorismo e novas habilidades para se destacar no mercado de trabalho. “O Área 21 é diferente de outros espaços de educação porque consegue criar uma experiência única de aprendizado para cada jovem, misturando o desenvolvimento de habilidades técnicas e de competências socioemocionais” diz  Daniel Quintero, líder do projeto. “Ao mesmo tempo que o jovem tenta melhorar seu entendimento e resolver coletivamente alguns desafios reais que existem na sua própria comunidade ou região

 

Leia também:

Área 21: Tellus é a única brasileira no “World Changing Ideas 2019”