Cortex Shelter: Inovação aplicada em abrigos para refugiados

No contexto do refúgio, a busca por soluções sustentáveis de abrigos de emergência é um desafio que requer soluções inovadoras. A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) tem um compromisso global de atender as necessidades dos refugiados de forma digna, promovendo a sustentabilidade, reduzindo o impacto ambiental e fortalecendo capacidades locais. Segundo o ACNUR, atualmente existem aproximadamente 25.9 milhões de refugiados no mundo, onde 85% dos refugiados vivem em países em desenvolvimento. Uma crise humanitária que apresenta desafios e oportunidades aos governos, centros urbanos e populações em todos os continentes.

Mas quem são os refugiados? Segundo a ACNUR, são refugiados as pessoas obrigadas a deixar seu país devido a conflitos armados, violência generalizada e violação massiva dos direitos humanos. Em uma tentativa de aliviar as dificuldades de refugiados, o estúdio parisiense de design Cutwork, junto com a Cortex Composites, desenvolveu uma abrigo de concreto que pode ser construída em apenas 24 horas. Nomeado de “Cortex Shelter” (Abrigo Cortex, em tradução livre), o projeto une um inovador sistema de construção com tubos metálicos dobráveis – criado pela Cutwork – com um novo tipo de “malha” de concreto, que necessita apenas de água para ficar pronto (daí o nome).

A ideia é que cada casa tenha uma estrutura de tubos metálicos, facilmente dobrados à mão, e revestidos com folhas de isolamento à prova d’água e laváveis. Para finalizar, o concreto da Cortex Composites seria colocado sobre a parte superior da estrutura externa e combinado com água para endurecer e concluir um abrigo de qualidade.

Segundo comunicado da Cutwork, a moradia é “construída para durar mais de 30 anos e a sua construção e manutenção são mais baratas do que as atuais opções de barracas temporárias.” Ao contrário dos modelos atuais, a nova solução é à prova de fogo, não pode ser cortada com objetos cortantes (um dos grandes problemas segurança em alojamento de refugiados) e possui uma porta com chave. Abaixo, a atual solução usada pela ONU, e o projeto Cortex Shelter.

Cortex Shelter: Inovação aplicada em abrigos para refugiados
Cortex Shelter: Inovação aplicada em abrigos para refugiados

A proposta é que um abrigo com 25m² possa oferecer soluções básicas de saneamento, painéis solares para energia elétrica própria e uma área de convivência para famílias refugiadas. Muito mais que um abrigo, o Cortex Shelter é uma forma de dar uma melhor qualidade de vida, com mais dignidade, privacidade e saúde (já que ambientes insalubres estão diretamente ligados com doenças).

Leia também:

Design Social: Como um bom design pode tornar o mundo mais inclusivo – Leia Mais

Shelter: Inovação aplicada em abrigos para refugiados
Cortex Shelter: Inovação aplicada em abrigos para refugiados